ANTICONCEPCIONAIS LETAIS!

GENTE ISSO É MUITO SERIO E ASSUSTADOR.
VAMOS REPASSAR.
Nara Motter Assistente de Contas Hospitalares Divisão de Contas Hospitalares
Departamento de Produção Médica Diretoria de Gestão Operacional – Unimed
Grande Florianópolis fone: (48) 3952.8618. Fax: (48) 3952-8608 COMPENSA
PERDER UM TEMPINHO PRA LER, VC PODE SE AJUDAR OU AJUDAR ALGUÉM!!!

Mulheres, leiam até o final e com o máximo de atenção… É de extrema importância!! !

Homens repassem para suas amigas, irmãs, etc.

Você toma ou conhece alguém que toma as pílulas anti-contraceptivas Diane 35 ou Yasmim?
VOCÊ PODE AJUDAR A SALVAR A VIDA DA SUA ESPOSA, DA SUA IRMÃ, DA SUA NAMORADA, AMIGA, CONHECIDA E ATÉ A SUA… É SIMPLES… BASTA LER COM ATENÇÃO E PASSAR A INFORMAÇÃO ADIANTE!
Bom, estou aqui hoje pra falar um pouco do meu caso, que alguns de vocês não sabem, mas seria interessante ficarem atentos, pois tenho visto acontecendo bastante. Aos 25 anos, dois anos atrás, tive um derrame cerebral com três tromboses venosas, ou seja, três coágulos na cabeça. Descobri em 03 de Outubro de 2004, porque a dor era muito intensa, inclusive chegava a desmaiar e ter vômito tamanho a dor. Achei, no começo que era uma crise de enxaqueca porque tinha muito, principalmente quando estava estressada e com bastante trabalho, o que era o caso. Resumindo, o maior vilão dessa história toda foi a pílula anticoncepcional, Yasmin (abaixo segue trecho retirado do bulário ANVISA on-line atualizado este mês. Em toda minha vida evitei tomar esses minúsculos comprimidinhos por causa da retenção e do inchaço que sempre me deram, mas a do tal YASMIM era tão favorável, tão de alta-tecnologia que resolvo seguir o conselho do meu obstetra.
Tomei YASMIN após amamentar meu segundo filho e por apenas 6 meses e os “malditos” comprimidinhos fizeram tamanho estrago! Até hoje faço tratamento para as tromboses e minha qualidade de vida que era 90%, hoje é apenas 10%.
Durante estes dois anos vivi dopada de remédios anti-coagulantes. Já fiz todos os exames possíveis e imagináveis com os melhores médicos do mundo, nos melhores hospitais. Não tenho heranças genéticas que passam ter me causado derrames, tromboses ou qualquer acidente vascular, o que prova que foi realmente o uso da pílula Yasmim que acarretou toda a doença. Por sorte não tive paralisia facial ou de membros, não perdi a visão, mas já fiquei sabendo com meus médicos neurologistas que estão aparecendo diversos casos de meninas de 17, 19 anos em uso de PÍLULAS DIANE 35 e YASMIM com trombose pulmonar, trombose no fígado e muito raramente trombose nas pernas…
Então por favor, não deixem de repassar este e-mail para o máximo de pessoas que puderem! Não existe propaganda dizendo os riscos que a pílula trás para nós. Mas nós podemos fazer nossa parte!!! Obrigada…. ….Juana Ferreira!

Bula do Remédio: O que é Yasmin? Yasmin é um contraceptivo oral combinado.

Cada comprimido revestido contém uma combinação de dois hormônios femininos:

a drospirenona progestógeno e o etinilestradiol estrogênio. Devido às pequenas concentrações destes hormônios, considera-se Yasmin um contraceptivo combinado de baixa dose. CONTRA-INDICAÇÕES: Você não deve usar Yasmin nas condições a seguir. Caso você apresente qualquer uma destas condições, informe seu médico. Ele pode receitar para você outro contraceptivo oral ou outro método contraceptivo (não-hormonal) . Especialmente os relacionados com a trombose. A trombose é a formação de um coágulo de sangue que pode ocorrer nos vasos sanguíneos das pernas (trombose venosa profunda), nos pulmões (embolia pulmonar), no coração (ataque cardíaco) ou em outras partes do corpo; causado por um coágulo de sangue ou por um rompimento de um vaso sanguíneo no cérebro; cardíaco (como angina ou dor no peito) ou de um derrame (como um ataque isquêmico transitório ou um pequeno derrame reversível); acompanhada, por exemplo, de sintomas visuais, de dificuldades para falar, de fraqueza ou de adormecimento em qualquer parte do corpo.

Outra vítima:

Oi Kelly, Não sei para quem você repassou esse e-mail, mas aconteceu comigo em Agosto deste ano. Tenho uma filha de 1 ano, e amamentei-a até os 7 meses.
Parei de amamentá-la quando entrei na INA em Junho e comecei a tomar o tal do Yasmin por ser o mais indicado contra TPM e todas aquelas coisinhas que as mulheres bem sabem. No início de Agosto, depois de 2 meses tomando o Yasmin, tive uma crise forte de dor de cabeça (nunca tive enxaqueca na vida) aqui mesmo na INA estava com a Corinna numa reunião com Sr. Sérgio Pin.

Dali, fui direto pro ambulatório e de lá, me levaram para o Hospital Samaritano onde fiquei 24 h com medicamentos e em observação. Cheguei a desmaiar e a ter vômitos no ambulatório e no Hospital. Fiz uma Tomografia e foi constatado uma mancha no cérebro que o médico considerou um pequeno coágulo, o que provavelmente tinha provocado a dor. Na mesma hora, junto ainda do Neurologista, liguei para minha Ginecologista/ Obstetra e ela mandou suspender imediatamente o Yasmin, que provavelmente foi a causa. O que tive foi um pequeno AVC – Acidente Vascular Cerebral. Tomei um anticoagulante por 2 semanas, refiz o exame no final do mês, e ainda bem, a mancha havia sumido. Não tomo mais o remédio e minha ginecologista suspendeu o medicamento de suas indicações. É a primeira vez que recebo um e-mail desses, onde eu sou a própria testemunha do ocorrido … Mas graças a Deus agora estou ótima!

Fonte: enviado por e-mail

Anúncios