Tag Archive: Caso Uniban


Em entrevista exclusiva à repórter Giulianna Correia, da TV Estadão, a estudante Geisy Arruda conta detalhes do assédio coletivo que sofreu dos alunos da Uniban.

Parte 1:
http://tv.estadao.com.br/videos,GEISY-ARRUDA-TIVE-VONTADE-DE-ME-MATAR,77688,250,0.htm
Parte 2:

http://tv.estadao.com.br/videos,GEISY-ARRUDA-TENHO-MUITO-MEDO-DE-VOLTAR-A-FACULDADE-1,77708,250,0.htm

Parte 3:

http://tv.estadao.com.br/videos,GEISY-ARRUDA-TENHO-MUITO-MEDO-DE-VOLTAR-A-FACULDADE-2,77707,250,0.htm

Fonte: http://tv.estadao.com.br/

Caso Uniban

Noticia completa aqui.

Estudante Geisy Arruda

Estudante Geisy Arruda

Fico pensando como é que anda essa humanidade e para onde está indo, mas concluo que mais da metade dela vai cair dentro de um buraco imenso e queimar ou simplesmente sucumbir no próprio vazio. Tudo bem um cara ou meia dúzia, mas, mais de 700? E ninguém pra defender a moça? Só por que ela usava um vestido curtinho (foto ao lado da moça utilizando o mesmo vestido no dia do ocorrido), que é isso véio, parecem que nunca viram mulher na vida? Uma mulher merece sempre respeito, mesmo que as vezes pareça não merecer, ameaçar uma moça de ser estrupada, persegui-la e encurralá-la em uma sala? Cambada de neardertais imundos, isso não se faz com mulher alguma, nem com a mais devassa das prostitutas. Uma mulher merece todo respeito e carinho, não é alguma coisa qualquer, é uma obra prima de Deus, que todo homem digno mecere ter ao seu lado, e sempre tem o dever de proteje-la e dar sua vida por ela. Se gostou da moça dava só uma cantada e nada mais, não precisa ser um perfeito escroto e fazer um negocio desses, nem parecem universitários, parecem piores que os marginais que andam por ai, alias , chama-los de marginais seria um elogio, vermes? Se fossem assim chamados seriam uma ofensa enorme aos mesmos.

Isso me lembra uma passagem bíblica, a do antigo testamento, no livro do Gênesis, no tempo de Sodoma e Gomorra, um homem chamado Ló recebeu a visita de dois anjos, e os habitantes da cidade ameaçavam derrubar a porta porque queriam abusar daqueles homens (anjos). O que muda foi o fato de ser uma mulher sozinha, e serem mais de 700 estudantes universitários tentando invadir a sala onde a moça estava. Agora pergunto: onde está a ética que se deria ter num campus universitártio? Se é falta de ética da moça, então toda e qualquer mulher deveria ser decapitada e sua cabeça deveria ser exibida em praça publica? Não, isso não deveria acontecer de forma alguma.

O problema é que alguns filhinhos de papai que estudam por ai, acham que são seres superiores e que estão acima de outros seres humanos. Mas esquecem que são de carne e osso. O que será que aconteceria se alguns caras com senso de justiça fizesse sua própria justiça na base das armas contra eles? Não é ético? Em alguns momentos não tem como se dizer o que é ético e o que não é, pois muito se confunde a ética com éter. E posso dizer que se houvesse um justiceiro por ali, armado até os dentes, não se noticiaria a notícia de que estão nos jornais, mas sim a notícia: “Estudante louco que matou mais 600, morre ao tentar defender moça de 20 anos na Uniban de possivel estrupro”.

Inclusive houve até perseguição a um outro blog, o Boteco Sujo, com algumas ameaças (veja aqui), que foi um dos primeiros a destacar a notícia.